Polícia apura imagens divulgadas de PMs que teriam sido flagrados aos beijos com mulheres em horário de patrulhamento

Polícia apura imagens divulgadas de PMs que teriam sido flagrados aos beijos com mulheres em horário de patrulhamento
Policiais militares ficaram conhecidos como 'beijoqueiros' após serem flagrados com mulheres durante patrulhamento no Distrito Federal Foto: (Foto: Reprodução/Metrópoles)

Fardados e, segundo denúncia que circula pelas redes, em horário de trabalho, dois policiais militares do Distrito Federal foram flagrados por câmeras de segurança ao beijos com mulheres na saída de uma balada. Os agentes “beijoqueiros” estavam no Setor de Armazenagem e Abastecimento Norte (SAAN), local onde teriam sido escalados para fazer a patrulha. O caso aconteceu na madrugada da última sexta-feira (31).

Em um vídeo de pouco mais de cinco minutos obtido e divulgado pelo portal Metrópoles, é possível ver os dois policiais conversando com um grupo de pessoas em um estacionamento. Um deles segue para um espaço mais reservado com uma acompanhante. Minutos depois, o PM começa a beijá-la na boca e no pescoço. Após se despedir do grupo, o segundo agente permanece no estacionamento com uma mulher e lá mesmo começa a trocar carícias. As últimas cenas registradas mostram os dois casais juntos atrás de um bloco residencial, seguindo com o "momento pegação”.

Policiais militares ficaram conhecidos como 'beijoqueiros' após serem flagrados com mulheres durante patrulhamento no Distrito Federal Foto: Reprodução/Metrópoles

Após a repercussão do caso, a Polícia Militar do Distrito Federal informou que instaurou um inquérito para apuração dos fatos. Câmeras de vigilâncias do local de patrulha dos PMs também serão recolhidas para compor o processo.

Em nota, a corporação ressaltou que “não coaduna com nenhum tipo de desvio de conduta de seus policiais” e citou o decreto nº 4.346/2002 que rege a disciplina e deveres dos militares. Entre os princípios gerais, a lei prevê que é dever do PM “pautar a sua conduta como a de um profissional correto, e exige dele, em qualquer ocasião, alto padrão de comportamento ético que refletirá no seu desempenho perante a instituição”. Novas informações serão repassadas após o término do inquérito policial.