Governos de Estados decretam Lockdown e deixam população sem renda, passando fome

Governos de Estados decretam Lockdown e deixam população sem renda, passando fome
Foto: Ilustração Google

Eu tenho falado no meu programa de rádio constantemente e alertado os dirigentes deste país que decretar Lockdown para combater a proliferação da covid-19, não seria a medida correta, pois na primeira onda não deu certo.

A economia do país anda doente e contaminada pelas determinações de alguns governantes e gestores, que através dos seus decretos proíbem o povo de trabalhar. Fecham o comércio, os shoppings, os restaurantes, as praias onde os ambulantes vendiam os seus produtos para manter a família.

Segundo os governantes, tal medida é para combater a disseminação do coronavírus, mas esquecem que o povo precisa se alimentar e se não pode trabalhar, irá morrer de fome.

Fecham tudo, reduzem a frota de ônibus e os coletivos andam super lotados, aí sim, se tiver um contaminado, toda tripulação do veículo será afetada pelo vírus. Mesmo com as medidas, o povo vai as ruas à procura de algo para fazer, pois as contas de água, luz e aluguel chegam e precisam serem pagas.

Nesta segunda-feira (15), os empresários donos de restaurantes, representados pela associação da categoria, vão as ruas para protestar contra os atos do Governo do Estado João Azevedo por ter decretado fechamento dos bares e restaurante ou funcionar em horário reduzido, o que tem acarretado uma série de prejuízos aos empresários, que tiveram que demitir funcionários, por não existir dinheiro para pagar os seus salários.

Outros segmentos também foram afetados pelas decisões do Governo do Estado. Veja por exemplo: a classe de artistas, circenses, atores de teatro, produtores de eventos, que ficaram sem renda, porque foram atingidos pelo Decreto de um Governo insensato e irresponsável.

É de responsabilidade do Estado em tempo de pandemia, promover artifícios para proteger a população e não tirar a sua renda.

O povo está passando fome. Crianças vão aos lixões para catar alimentos estragados e levar para a família. A dona de casa olha para o armário e não ver nada para alimentar os seus filhos, e esses governos não vêm que estão matando o povo de fome! Porque não é só o coronavírus que mata não: A FOME TAMBÉM MATA!

Que esses governos, especificamente o Governo da Paraíba João Azevedo se sensibilize e procure fazer hospitais de Campanha para atender as pessoas vítimas da covid-19, e não fechar tudo e deixar o povo morrendo de fome.