Corpo da juíza Mônica Andrade é velado em cemitério de Campina Grande

Corpo da juíza Mônica Andrade é velado em cemitério de Campina Grande
A juíza Mônica Andrade foi encontrada morta no carro do marido (Foto: Reprodução)

O corpo da juíza Mônica de Oliveira, que morreu no estado do Pará, está sendo velado na manhã desta quinta-feira (19), no Campo Santo Parque da Paz, em Campina Grande. Já a partir das 13h, o velório será na Câmara Municipal de Vereadores, em Barra de Santana.

O sepultamento está marcado para 17h, desta quinta-feira (19), no cemitério São Joaquim, em Barra de Santana.

O juiz João Augusto Figueiredo de Oliveira Júnior, marido de Mônica, também viajou para acompanhar a despedida da esposa. 

A juíza Mônica Maria Andrade Figueiredo de Oliveira foi encontrada morta dentro do carro do esposo, na manhã da terça-feira (17). Ele levou o veículo até a Divisão de Homicídios da Polícia Civil de Belém.

A sobrinha da vítima informou nesta quarta-feira (18), que teve acesso as câmeras de segurança que mostraram o momento em que a juíza paraibana permaneceu no estacionamento "refletindo sobre tudo", segundo relatou a sobrinha, e uma câmera conseguiu captar todo o interior do veículo e mostrou o instante em que a magistrada cometeu o suicídio perto das 23h da segunda-feira (16). "Não há dúvidas